Área do aluno
Pesquise nas Escrituras
[ Ex.: graça | Ex.: Gn 1:1-10 ]
Av. José Ferreira dos Reis, 777
Sertãozinho – SP
CEP: 14161-025
Fone: 3521-1111

Pisa 2018: Brasil segue abaixo da média da OCDE na educação

Imagem retirada de https://veja.abril.com.br/educacao/pisa-2018-brasil-tem-sutis-avancos-mas-segue-abaixo-da-media-da-ocde/

Imagem retirada de https://veja.abril.com.br/educacao/pisa-2018-brasil-tem-sutis-avancos-mas-segue-abaixo-da-media-da-ocde/

03/12/2019

A OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) divulgou nesta terça-feira 3 os resultados da edição de 2018 do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês), a principal avaliação de educação básica do mundo. Embora tenha melhorado sutilmente sua nota nos três principais índices do estudo, o Brasil segue abaixo da média dos 79 países avaliados. O levantamento é realizado a cada três anos, com 600 mil estudantes de 15 anos de cada nação.

A cada edição, o Pisa apresenta uma área como principal foco da avaliação. Em 2018, a disciplina escolhida foi Leitura, na qual o Brasil ficou na 54ª colocação do ranking, com nota 413 (seis pontos a mais do que o resultado brasileiro em 2015, quando o país teve nota 407). A média da OCDE nesse quesito foi 487.

Em Matemática, a nota geral brasileira avançou de 377 para 384 – mas ainda abaixo da média da OCDE, de 489. Já em Ciências, os brasileiros foram de 401 pontos, em 2015, para 404, em 2019. O índice, porém, ainda é muito abaixo da média dos países nessa área (489).

Recentemente, o ministro da Educação Abraham Weintraub havia declarado que o país seria o pior colocado da América Latina no ranking, mas nações como República Dominicana, Argentina e Peru apareceram com resultados inferiores.

Veja.com

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - ©2009
RGB Comunicação - Agência de Internet e Produtora de Vídeo